Luísa Sonza é acusada de racismo contra advogada; ela nega as acusações

Isabel Macedo acusa a cantora de ter dado um tapa no braço e ainda ordenado a buscar um copo de água
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Famosos – Se Luísa Sonza já estava chateada com as críticas que vem recebendo desde que anunciou o namoro com Vitão, a cantora vai ter que enfrentar agora os comentários sobre um processo de racismo. A dona do hit ‘Boa Menina’ está sendo processada no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, mas segundo a advogada Isabel Macedo, que está processando a cantora, o fato teria ocorrido em Fernando de Noronha, em Pernambuco, no final de setembro de 2018.
No processo, a vítima conta que durante um festival gastronômico, que tinha Luísa Sonza como atração musical, ao se levantar para ir ao banheiro, ela cruzou com a cantora no caminho. Quando ficaram próximas, a ex-mulher de Whindersson Nunes teria dado um tapa no seu braço. Isabel ainda relata que Luísa ordenou, em um tom ríspido, que fosse buscar um copo de água.

Assustada com a abordagem e sem entender o que estava acontecendo, Isabel teria pedido para a cantora repetir o que havia falado. Segundo a acusação, a cantora repetiu a fala com o mesmo tom ríspido. Isabel, então, explicou que não era funcionária do estabelecimento e sim cliente. “Após a explicação, visivelmente surpresa, a cantora indagou se Isabel era funcionária do local, como se não fosse crível que uma mulher negra pudesse estar naquele restaurante na qualidade de cliente”, diz um outro trecho da acusação divulgada com exclusividade pelo jornalista Erlan Bastos no Canal EM OFF, no Youtube. Segundo a matéria, a cantora ainda não tinha sido notificada da ação.

Luísa entrou no olho do furacão quando assumiu há uma semana o romance com Vitão, apontado desde junho, como o pivô da separação da cantora e Whindersson Nunes, em maio. Na época, o novo casal negou envolvimento e revelou que se tratava de uma parceria por conta da música, ‘Flores’, lançada com um vídeo polêmico no Dia dos Namorados, 12 de junho. Três meses depois, eles revelaram que estavam juntos.Luísa usou as redes sociais para negar a acusação de racismo no final da noite. “Gente, tudo isso é mentira! Não acreditem nisso! Eu jamais teria esse tipo de atitude. Vocês me conhecem bem, sabem qual é meu caráter, minha índole. Eu jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele. Jamais! Essa acusação é absurda. A minha equipe já está tomando todas as providências jurídicas quanto ao caso.”, escreveu no Twitter.

A coluna procurou a assessoria de Luísa Sonza, que enviou um comunicado oficial informando que a cantora tomou conhecimento do processo pela mídia. “A cantora até a presente data não foi citada de nenhuma ação que venha a lhe imputar o fato que está sendo noticiado. Que as acusações são falsas, inverídicas e vêm em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista.”Veja o comunicado na íntegra:A assessoria jurídica da artista Luíza Sonza, através do seu advogado José Estavam Macedo Lima, vem a público informar que tomou conhecimento do referido processo pela mídia. Que a cantora até a presente data não foi citada de nenhuma ação que venha a lhe imputar o fato que está sendo noticiado. Que as acusações são falsas, inverídicas e vêm em um momento oportunista em razão do crescimento exponencial da carreira da artista.Informa, ainda, que nunca ofendeu ou discriminou qualquer pessoa.
Causa estranheza as acusações de racismo, pois até a presente data a artista não recebeu qualquer notificação das autoridades policiais sobre a suposta investigação.

Todas as medidas administrativas e judiciais serão adotados para proteger a honra e a intimidade da artista.

Fonte: Meia Hora

Relacionado Posts