Foto: Reprodução

MUNDO – Um estudo realizado na Coreia do Sul e divulgado nesta segunda, 26, mostra que a combinação da primeira dose da vacina contra covid-19 da AstraZeneca e a segunda dose da Pfizer aumenta o nível de anticorpos comparando com duas doses da AstraZeneca.

O estudo contou com voluntários profissionais de saúde. Totalizando 499 voluntários, 100 pessoas receberam a combinação das vacinas, 200 receberam as duas doses da Pfizer e 199 foram imunizados com duas injeções da AstraZeneca.

Um outro britânico realizado no mês de junho mostrou resultados aproximados a este estudo coreano. Estes dados fornecem suporte para decisões importantes no que diz respeito a aplicação da segunda dose da Pfizer para gestantes que foram vacinadas com AstraZeneca. Na última semana, o Ministério da Saúde recomendou que as gravidas e purpúreas poderiam tomar a segunda dose da Pfizer.