O ex-senador Magno Malta disse em sua conta oficial no Twitter na quarta-feira (20/01) que seu celular foi clonado e “possivelmente hackeado”.

Na terça-feira (19/01), o político postou a impressão de um vídeo em seu perfil no Facebook. No vídeo, um médico falou da gravidade do coronavírus, mas Malta não percebeu que havia uma imagem com 2 pênis no canto esquerdo inferior.

“Comunico a todos que tive meu celular clonado e talvez raqueado. Tem uma pessoa se passando por mim, usando meu perfil do Facebook… Já estou tomando providências, obrigado!”. Ele ainda complementa e diz que, “se a tentativa é me calar, não vão conseguir”.

Veja a foto da publicação do político:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui