Foto: Divulgação

O tenente Joselito Pessoa Anselmo acusado de matar policiais militares no ano de 2019 será julgado nesta quarta-feira, 14. O julgamento havia sido adiado, porém, no final da tarde desta terça-feira, 13, foi mantido.

Joselito atualmente responde o processo em liberdade. O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) havia adiado o julgamento “em razão da ausência de promotor de justiça designado”, mas no fim da tarde de hoje foi informado que um outro promotor atuará no julgamento.

O tenente da Polícia Militar (PM) Joselito, será julgado pelo crime que aconteceu no dia 5 de janeiro de 2019, onde o mesmo foi acusado de realizar disparos com arma de fogo contra o major Lurdenilson Lima de Paula, o sargento Edizandro Santos Louzada, o cabo Grasiano Monteiro Negreiros e o borracheiro Robson Almeida Rodrigues, dentro de um veículo Voyage prata, na Rua São Luiz, bairro Colônia Terra Nova, zona norte de Manaus.

Dois morreram no local e o borracheiro conseguiu fugir antes de ser morto. Na época, o tenente foi preso em flagrante pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).