Na noite da última segunda-feira (10), um médico foi preso após espancar seu cachorro da raça Lulu da Pomerania até a morte. O fato aconteceu no município de Cascavel, Paraná.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito relatou que a violência foi uma forma de correção ao animal que fez xixi em local errado.

A polícia foi acionada por uma pessoa, que gravou os vídeos dos maus-tratos contra o animal. Os policiais foram ao apartamento do médico e tentaram socorrer o cãozinho, levando-o para uma clínica veterinária. Durante o trajeto, o cachorro não resistiu aos ferimentos.

A polícia aguarda o laudo cadavérico para apontar a causa da morte, mas a suspeita é de que o médico tenha usado um pedaço de madeira.

O médico, que confessou o espancamento, foi preso em flagrante pelo crime de maus-tratos, sem direito a pagamento de fiança. No Brasil, esse tipo de crime tem pena prevista superior a quatro anos de detenção.

Confira: