Foto: MARCIO MELO/ACRITICA

MANAUS – Um idoso de 81 anos e uma mulher, de 41, foram presos suspeitos dos crimes de estelionato e uso de documentos falsos contra duas agências bancárias em Manaus. Eles foram presos, na última sexta-feira (25), nos bairros Parque Dez e Adrianópolis.

Segundo o delegado Denis Pinho, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), a ação policial visava o combate a organizações criminosas que praticam estelionato contra instituições bancárias.

As prisões ocorreram após denúncias, em locais diferentes e os indivíduos não possuem ligação.

Na primeira ação, de acordo com o titular, no momento da prisão, o idoso tentava se passar por outra pessoa, utilizando uma identidade falsa para sacar o benefício da previdência social.

Ele foi preso em flagrante por volta do 11h, em uma agência bancária localizada no bairro Parque 10 de Novembro. Na última quinta-feira (23) ele já tinha se passado por uma outra pessoa e sacado o benefício, explicou o delegado.

O titular detalhou que na segunda ação, as equipes da Especializada conseguiram prender em flagrante a mulher, por volta das 12h30, em uma agência bancária localizada em um shopping no bairro Adrianópolis.

Segundo Pinho, ela conseguiu consumar o golpe, se passando por uma outra pessoa. Ela abria uma conta e efetuava diversos saques do limite, além de realizar empréstimos. Explicou ainda que, na última sexta-feira (24), ela novamente tentou aplicar um golpe em uma agência bancária, e no momento da tentativa, foi presa em flagrante.

Os dois foram presos em flagrante pelos crimes de estelionato e uso de documentos falsos. Os indivíduos foram encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerão à disposição da Justiça.