‘AP’ de Ciro Gomes “tomado” por indenização a Fernando Collor é arrematado por Eunício Oliveira, aliado do pedetista

Brasil – Um apartamento do ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) foi arrematado por R$ 520 mil em leilão encerrado nesta segunda-feira (12/7). O pregão foi autorizado pela Justiça como forma de pagamento de indenização por danos morais ao senador Fernando Collor de Mello (Pros).

O imóvel foi adquirido por Eunício Oliveira, ex-presidente do Senado, que supostamente seria amigo de Ciro Gomes. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

O ex-presidente da República entrou na Justiça contra Ciro após o pedetista afirmar, em entrevista publicada em 1999, que Luiz Inácio Lula da Silva deveria ter chamado Collor de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” em debate na eleição presidencial de 1989.

A indenização foi fixada em cerca de R$ 400 mil, que não foram pagos por Ciro. Como o crédito de Collor não foi satisfeito, o apartamento acabou então sendo leiloado. Collor é representado pelos advogados Regina Manssur e Antonio Manssur Netto na ação.

O imóvel leiloado está localizado em Fortaleza e foi avaliado em cerca de R$ 410 mil pela empresa de leilões judiciais Megaleilões, que promoveu o pregão.