Foto: Divulgação

Um dia após o Brasil ter atingido a triste marca de 400 mil mortos pela covid-19, Coronel Alfredo Menezes promoveu mais uma aglomeração em Manaus através de um “buzinaço” na tarde deste sábado 1º de maio, dia do trabalhador. Em suas redes sociais, ele convocava Manauaras para “manifestar-se a favor” do Presidente que já governa o país atualmente, Jair Messias Bolsonaro.

Suas intenções. são evidentemente políticas. Após a vergonhosa saída pela tangente da superintendência da Suframa, quando Menezes foi apanhado pelo Deputado Marcelo Ramos contratando sem licitação a empresa de um amigo para prestar serviços para autarquia, Menezes tem se empenhado em agarrar-se ao que resta da onda bolsonarista para projetar-se politicamente para o senado, e para tanto, não há respeito pelos 400 mil mortos.

Leia mais: Menezes teria sido demitido por Bolsonaro porque favoreceu amigo com contrato de R$ 14 milhões sem licitação

Nos vídeos da carreata, Menezes e seus apoiadores comemoram “É a maior carreata do Brasil!”. Eles posam para fotos, cantam o hino nacional e anunciam campanha antecipada “O povo do Amazonas recebe nessa festa do patriotismo o nosso já aclamado Senador da República 2022, Coronel Menezes”, declara o homem não identificado no carro de som, que é aplaudido por Menezes.