Foto: getty images

Essa é a maior taxa média de ocupação de UTIs registrada no Estado de São Paulo. Com 78,5% de lotação, é maior em toda a pandemia.

“Nós precisamos de ajuda, porque estamos em guerra”, disse secretário estadual da Saúde, nesta sexta-feira (5), ao convocar profissionais da área para atuarem como voluntários. Hoje, São Paulo registrou o maior número de pacientes internados com Covid-19 desde o início da pandemia.

De acordo com os dados da Secretaria da Saúde, são 10.311 pessoas internadas em leitos de enfermaria e outras 8.093 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que totaliza 18.404 pacientes.

No ano passado, quando houve a primeira onda da pandemia, o recorde de internados foi de 15.289 pacientes em julho. Desde o último sábado (27), São Paulo tem registrado todos os dias um total de internados superior ao recorde do ano passado.

Dezenove hospitais no Estado têm 100% de ocupação nos leitos de UTI. A taxa média de ocupação de UTIs registrada no estado de São Paulo nesta sexta foi de 78,5%, superando o recorde de maio de 2020.

Por conta desse avanço da doença, o governo do Estado anunciou que vai abrir um novo hospital de campanha na capital e pediu ajuda aos conselhos regionais de enfermagem e de medicina para convocar voluntários para atuar nesses locais.