Foto: Divulgação/PMAM

No município de Parintins-AM, um homem de 72 anos foi preso, após denúncia anônima de que o idoso teria diversas armas caseiras em sua residência e, que usava as espingardas e outras armas para aterrorizar os próprios netos. A polícia efetuou buscas e apreendeu as armas, no bairro Paulo Corrêa.

O titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP), delegado Adilson Cunha, relatou que a denúncia foi realizada na última quinta-feira (18), ou seja, há uma semana, e a denúncia informou que o idoso possuía várias armas caseiras e espingardas, e que também ameaçava os netos. No domingo (21), a juíza plantonista, Juliana Arrais Mousinho, da Comarca de Parintins, (distante 369Km de Manaus), expediu o mandado de busca e apreensão e de prisão em nome do suspeito, que foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

“Recebemos uma denúncia anônima informando que o indivíduo possuía diversas armas caseiras em sua residência; e que ainda ameaçava os netos com tais armas. Pedimos mandado de prisão e realizamos seu cumprimento. Ele foi preso em flagrante durante as buscas e encaminhado para a Delegacia, para os procedimentos cabíveis”, informou o delegado Adilson Cunha.

Com ele foram apreendidas uma espingarda; uma arma de calibre 20, com nove cartuchos intactos e quatro deflagrados; quatro espingardas de fabricação caseira calibre 22, com um cartucho intacto; uma pistola calibre 36, com três cartuchos intactos e um deflagrado; seis recipientes contendo pólvora; um recipiente contendo esferas de ferro e quatro pequenos pedaços de barra de ferro.

Preso em flagrante, o idoso foi encaminhado à Delegacia Interativa de Polícia, onde lhe foi arbitrada fiança no valor de um salário mínimo, que atualmente é de R$ 1.100, mas ele não pagou a fiança e segue preso aguardando decisão da audiência de custódia.