Fotos: Divulgação

Uma solução para o pagamento do salário dos trabalhadores encerrou a possibilidade de uma nova greve marcada pelos representantes das empresas responsáveis pelo transporte público de Manaus nessa quarta-feira (20). A saída veio com um acordo entre empresários, Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários e o prefeito de Manaus.

De acordo com o prefeito, David Almeida, a intermediação entre as partes resultou no fim da tentativa da greve.

Foi tudo resolvido, em aproximadamente 15 minutos, na base do diálogo, sem a presença do Ministério Público do Trabalho, ao lado do vice-prefeito Marcos Rotta. Não vamos aceitar atrasos no pagamento dos trabalhadores”, relatou o executivo municipal.

Os trabalhadores rodoviários receberam um adiantamento de salário de 20% e, conforme o acordo entre as partes o restante do pagamento será realizado até o próximo dia 3.

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) informou, por meio de nota, que o pagamento de apenas de 20% do adiantamento salarial, conhecido como ‘vale’, foi abaixo do acordado com a categoria, que deve ser 40% dos vencimentos, e deve ser pago todo dia 20 do mês.

O prefeito David Almeida e o vice-prefeito que também e secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Marcos Rotta, cobraram o cumprimento do compromisso firmado entre empresa e trabalhador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui