O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Jorge Chalub Pereira, por meio de nota emitida na manhã desta quarta-feira (20), esclarece que são mentirosas as postagens que circulam nas redes sociais sobre um possível desvio de vacinas imunizantes contra a covid-19 para os magistrados.

Na nota, o desembargador pontua que as publicações “são mentirosas e maledicentes ao afirmar que existe destinação de vacinas contra a covid-19 para a Corte Estadual de Justiça e seus membros. E que o Tribunal de Justiça “se pauta pela seriedade e responsabilidade e tem plena consciência de sua função institucional”, e ainda “que respeita os princípios republicanos que devem nortear suas ações”.

A nota encerra dizendo que: “Qualquer denúncia acerca de desvio de vacinas, deverá ser devidamente apurada pelos órgãos responsáveis com o máximo rigor”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui