Mundo – Com a morte de Diego Armando Maradona, vítima de uma parada cardíaca na última quarta-feira, agora tem início uma briga judicial pela herança do maior ídolo do futebol da Argentina. De acordo com o jornal Clarín, o advogado Matias Morla será o responsável por fazer a divisão entre os familiares do ex-jogador, que, ainda em vida, chegou a declarar que não deixaria nada para seus parentes.

Segundo uma projeção feita pelo site especializado em economia Celebrity Net Worth, a fortuna de Maradona giraria em torno de 500 milhões de dólares (cerca de R$ 2,5 bilhões). “Durante sua carreira como jogador e treinador, Maradona ganhou dezenas de milhões de dólares em salários e patrocínios. Nos anos 1980, ele era um dos atletas mais bem pagos do planeta, faturando milhões por ano com salários e patrocínios”.

No entanto, também ventila-se que tal valor seja consideravelmente menor: US$ 100 milhões (R$ 533 milhões na cotação atual). Os bens estão divididos entre casas na Argentina e outros lugares do mundo, como Dubai, carros de luxo e itens curiosos, como um anel da Bielorrúsia usado como amuleto enquanto técnico do Gimnásia y Esgrima, de La Plata, no valor de 300 mil euros, e um carro anfíbio. 

Fonte: Meia Hora

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui