Brasil – Adélio Bispo de Oliveira, que esfaqueou o então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (sem partido), desistiu de matar tanto Bolsonaro quanto o ex-presidente Michel Temer.

De acordo com um funcionário da Penitenciária Federal de Campo Grande, onde Adélio se encontra preso, ele “está calmo, diminuiu com as alucinações e apresenta uma mudança positiva de comportamento”, segundo

O funcionário revela ainda que o detento teria desistido de seu “plano” de matar Bolsonaro e o ex-presidente Michel Temer (PMDB) “quando saísse da prisão”.

Fonte: Revista Fórum

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui