Eleições: Conheça Nancy Segadilha, a voz da inclusão

Nancy quer chegar à Câmara Municipal de Manaus como a primeira mulher Pessoa com Deficiência à ocupar um cargo como vereadora
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Eleições – Nancy é manauara, advogada, ativista na causa da Pessoa com Deficiência, cadeirante, e apaixonada pela vida. Fundadora da Campanha #InclusãoDeverDeTodos conhecida nacionalmente por sua luta em prol da conscientização como uma forma de derrubar a barreira atitudinal e grande defensora da acessibilidade no sentido amplo lançou recentemente o Projeto Mariposa com a finalidade de facilitar a vida das Pessoas com Deficiência ou mobilidade reduzida está em fase de criação essa plataforma digital que será um ponte de conexão entre a população PcD da cidade com o setor comercial e consequentemente toda a sociedade.

Ela já presidiu a Comissão da Pessoa com Deficiência da OAB-AM. Foi presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência -Am. Ex Secretária Executiva da extinta SEPED, Ex secretária adjunta da Secretária de Justiça do estado do Amazonas na pasta da Pessoa com Deficiência.

Nancy foi a primeira tetraplégica à saltar de paraquedas no Brasil o que deu voz ao seu discurso e visibilidade às suas causas.

Agora, Nancy quer chegar à Câmara Municipal de Manaus como a primeira mulher Pessoa com Deficiência à ocupar um cargo como vereadora e isso, com a sua ajuda, ela fará!

Vote 90.000!

Propostas Nancy

Fundamentado na maior conquista jurídica da Pessoa com Deficiência, meu projeto de governo, será norteado pela Lei Brasileira de Inclusão (13.146/2015) que visa antes de tudo unir nossa população e ampliar o potencial de todos os manauaras.

Inclusão

“Acredito ser urgente a criação da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência com o objetivo de viabilizar as efetivas políticas públicas em todos os setores e executando no departamento inclusivo o atendimento ao público PcD, um local destinado para resolver todas as demandas de competência municipal extinguindo a burocracia atual. Respeitando todas as normas de acessibilidade vigentes.

Outro projeto revolucionário é a criação da oficina para reparos e manutenção de cadeiras de rodas, próteses e órteses desonerando o município e atendendo a demanda reprimida. Além de uma “Central de Libras” para atendimento de deficientes auditivos através do Skype em todos órgãos municipais.”

Educação

“Educação transforma, ela é maior forma de independência. Por isso, lutarei por um ensino acessível que respeite e se adequada as diferenças de ponta a ponta. Que englobe desde a prioridade na matrícula, as adequações estruturais nas escolas, capacitações dos docentes, mediadores, intérpretes de libras. E outro itens que representam avanços para todos os alunos Utilização da tecnologia assistiva, suportes pedagógicos como forma de melhoria no ensino respeitando as especificidades individuais”

Saúde

“Saúde direito constitucional de todos e dever do Estado. É fundamental a criação de uma rede de cuidado prioritário a PcD visando o fortalecimento dos atendimentos sistemático das consultas, exames, especialistas de um modo geral de acordo com a necessidade. Agilizar entrega de medicamentos contínuos, materiais hospitalares, equipamentos, produtos e alimentação parenteral sem prejuízo ao tratamento, sem acesso à saúde todo o restante perde o sentido.”

Infraestrutura e mobilidade urbana

“O trânsito de Manaus é caótico, isso todos nós sabemos. Mas você já imaginou o desafio que é circular pela nossa cidade sendo um PcD? Uma comissão permanente de acessibilidade na câmara é fundamental para fiscalizar as leis e normas existentes e propor novas que garantam o direito de todos os nossos cidadãos de ir e vir, que é fundamental e deve ser cumprido.

Garantir acessibilidade no transporte público, nas paradas, entornos como rota de acesso tendo o desnível da calçada e rampas de acordo com as normas vigentes é o mínimo que uma cidade pode fazer ainda mais tendo 25% de sua população formada por PcDs.

Rever os contratos com as permissionárias do transporte público e licitação para novas sempre atentando para o cumprimento das exigências parece tão óbvio mas precisa que alguém que já sentiu as dificuldades na pele exija mudança. A hora é agora!”

Esporte

“Uma importante ferramenta de inclusão e transformação social o esporte precisa ser valorizado em nossa cidade. A criação da Secretaria Municipal impulsionaria a inclusão social de todos independente de sua faixa etária aprendo um leque enorme de possibilidades para nossos atletas e paratletas. Melhoria nos centros de treinamentos das diversas modalidades, com o incentivo de bolsas para os mesmos que representam nossa cidade em competições dentro e fora do País é uma receita super possível e de grande impacto. Vamos tornar nossa Manaus em um polo esportivo do País.”

Trabalho

“Fonte de independência e uma verdadeira arma contra o capacitismo o acesso ao trabalho por PcDs tem que ser visto muito além de um simples cumprimento de cotas. A Implementação do portal da empregabilidade com o propósito da inserção da Pessoa com Deficiência no mercado de trabalho é um desejo que eu e outros ativistas PcDs temos cultivados faz tempo mas que agora é hora que tornar real, ele facilitará essa busca e intermediará essa conquista, inclusive do primeiro emprego. Oferecer oficinas e cursos voltados para capacitação das Pessoas com Deficiência também será transformador para esse seguimento e só oferece vantagens para toda a sociedade.”

Segurança Pública

“O combate à violência é papel dos Estados e União porém, o município pode somar à esse combate auxiliando na construção de espaços de convívio seguros.

Ocupando e revitalizando nossas praças, parques, centro de convivência para que a população não se sinta intimidade e identifique neles elementos e locais de confraternização. Investir na iluminação pública de qualidade, oferecer acessibilidade para todos (PcDs, idosos, gestantes, entre outros grupos) e capacitar e investir na nossa guarda municipal são questões que cobrarei de perto do nosso futuro executivo municipal”

Cultura

Estruturação de mecanismos que ofereçam acesso e captação de recurso através da Lei Municipal de Incentivo a Cultura em especial para projetos que contemplem inclusão de PcDs e minorias. Essa lei foi implementada em 2018 mas nenhum produtor cultural conseguiu acessar devido a dificuldades da aplicabilidade que vão desde contratação de pessoal especializado no Conselho de Cultura até sistematização de empresas que podem doar e sistematização ao acesso na Semmef. Precisamos viabilizar o acesso aos fundos e incentivos já existentes pois a arte e cultura são forma de pertencimento e acolhimento.

Relacionado Posts