Homem fura camisinhas, não conta para companheira e acaba preso por estupro

O homem de 47 anos disse que fazia isso na esperança de que a camisinha se rompesse e sua parceira desistisse de usá-la
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Mundo – Um homem que furava camisinhas sem contar para a sua parceira foi condenado a 4 anos de prisão por estupro. O caso aconteceu no Reino Unido e as informações são do jornal The Sun.Glyn Samuel, o promotor do caso, afirmou que a vítima encontrou um alfinete ao lado de camisinhas furadas na cabeceira de Andrew Lewis, de 47 anos, um maquinista de trem.

“Maldade pura”, contou a vítima à polícia, ao denunciar o homem. Em uma audiência, o homem admitiu o crime e disse que foi “a coisa mais estúpida” que ele já fez. Segundo seu depoimento, ele furava as camisinhas na esperança de que elas se rompessem e a sua parceira desistisse de usá-las, para ter “mais intimidade”. “Foi uma quebra de confiança.

 O delito de estupro é tão sério que uma pena de prisão é apropriada”, determinou o juiz responsável pelo caso. 

Fonte: Meia Hora

Relacionado Posts