Warner Bros adia estreia do filme Mulher-Maravilha 1984

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Do EFE

A Warner Bros adiou novamente a estreia de Mulher-Maravilha 1984, do dia 2 de outubro para 25 de dezembro. A decisão faz parte de uma mudança de estratégia após o lançamento de Tenet, semanas atrás.

A imprensa especializada em Hollywood atribui a decisão à complicada estreia de Tenet no mercado americano, onde o filme arrecadou cerca de 20 milhões de dólares (R$ 106 milhões) no primeiro fim de semana em cartaz.

Tenet foi a primeira superprodução a chegar aos cinemas durante a pandemia de Covid-19. Com um orçamento superior a 200 milhões de dólares (R$ 14.064 bilhões), o filme arrecadou cerca de 150 milhões de dólares (R$ 798 milhões) em todo o mundo, em duas semanas. Outros estúdios decidiram apostar em serviços de streaming, como a Disney, que lançará Mulan, no Disney+.

Mulher-Maravilha 1984 está com a estreia reservada para o Natal, ainda com a meta de ser lançado nas salas de cinema.

– Sei o quão importante é levar este filme a uma tela grande, onde todos podemos compartilhar juntos a experiência. Espero que não se importem em esperar um pouco mais – escreveu, em comunicado a diretora do filme, Patty Jenkins.

Patty também dirigiu o primeiro longa-metragem da franquia, em 2017.

Relacionado Posts