Mulher é presa após bater na filha e dirigir embriagada até a delegacia

Criança de 8 anos ficou com a marca da mão da mulher nas costas. Suspeita pagou fiança e foi liberada
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Brasil – Uma mulher de 40 anos foi presa nesse domingo (30/8) por agentes da 4ª Delegacia de Polícia (Guará), após agredir a filha de 8 anos e ir à delegacia embriagada.

Segundo informações da corporação, a motorista havia ingerido elevada quantidade de álcool por todo o fim de semana. No início da noite de domingo (30/8), discutiu e brigou com as duas filhas, de 14 e 8 anos de idade.

Durante a discussão, agrediu a filha menor com um forte tapa nas costas. Após a briga, a filha de 14 anos saiu de casa e a mulher foi até a delegacia na tentativa de registrar o suposto desaparecimento da adolescente. Os policiais de plantão perceberam o elevado grau de embriaguez da mulher e que a mesma tinha ido até a unidade policial conduzindo o veículo.

A mulher foi detida e o teste de alcoolemia atestou a embriaguez. Em diligência à residencia da autora, os policiais constataram a marca da agressão na filha de 8 anos e conduziram todos os envolvidos para a central de flagrantes da 1ª DP (Asa Sul).

A mulher acabou detida pelo crime de embriaguez ao volante e pela contravenção penal de vias de fato. Foi arbitrada fiança à presa no valor de R$ 350, paga por ela. Liberada, a autora está sujeita a uma pena de seis meses a três anos de prisão. Caso o laudo de corpo de delito ateste a lesão corporal da filha menor, ela pode ainda responder pelo crime de violência doméstica. A pena aumentaria por mais três anos.

Relacionado Posts