Michelle Bolsonaro usa Secom em nota pela morte da avó e ataca “oportunismo” de primo

Comunicado vem após primeira-dama ser acusada pelo primo de não ter feito "absolutamente nada” pela avó, que morreu vítima de Covid-19
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Brasil – A primeira-dama Michelle Bolsonaro usou a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) para se pronunciar, pela primeira vez, sobre a morte de sua avó Maria Aparecida Firmo Ferreira. A idosa de 80 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (12), vítima da Covid-19.

“A primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da avó. Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família”, diz o comunicado, divulgado na manhã desta quinta-feira (13).

O texto também ataca o primo de Michelle, Eduardo D’Castro, que acusou a primeira-dama de não ter feito “absolutamente nada” pela avó. O ataque incomodou a esposa de Jair Bolsonaro, que respondeu ao primo com ameaças e xingamentos.

“A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos”, diz o texto.

Confira a nota completa da Secom:

A primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da avó. Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família.

A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos.

A primeira-dama permanece recolhida em casa em tratamento contra o novo Coronavírus e espera que o momento de luto seja respeitado, acima de quaisquer questões pessoais e familiares.

Relacionado Posts