Ronaldinho fez festas com modelos em hotel, diz imprensa paraguaia

Ex-jogador e irmão Roberto de Assis estaria aproveitando a prisão domiciliar em hotel de luxo no Paraguai com visitas de modelos
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Brasil – Após o Ministério Público do Paraguai não apresentar nova denúncia contra o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão Roberto Assis, ambos estão em clima de festa antes de retornar ao Brasil. Segundo a imprensa paraguaia, a vida dos brasileiros têm sido agitada, com direito a festas e visitas de modelos no quarto do hotel de luxo onde cumprem prisão domiciliar.

– Tem dias que chegam pelo menos duas mulheres. Parecem ser modelos. Estão sempre bem produzidas. Chegam em carros luxuosos. As que são conhecidas entram diretamente pelo estacionamento e as que são desconhecidas pela porta da frente do hotel. Depois o carro vem buscá-las – contou uma fonte do jornal paraguaio ‘Hoy’, que não quis se identificar.

O Ministério Público do Paraguai concluiu que Ronaldinho não participou da obtenção de documentos falsos, mas que Assis sabia da origem irregular da documentação apresentada para entrar no país. O MP estipulou medidas que devem ser respeitadas para que ambos sejam liberados, mas dependem do aval do juiz Gustavo Amarilla.

Os termos apresentados ao juiz inclui multa de 200 mil dólares (110 mil para Assis e 90 mil para Ronaldinho), e que seja apresentada uma declaração de residência fixa no Brasil e comparecimento a uma autoridade judicial no Brasil a cada três meses. Assis ficaria em liberdade condicional por dois anos, e R10 por apenas um.

Relacionado Posts