Justiça Federal libera viagem de Michel Temer ao Líbano

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

O ex-presidente Michel Temer foi liberado pela Justiça Federal, na segunda-feira (10), a viajar para o Líbano. Temer é integrante de uma missão de ajuda do governo brasileiro ao país, cuja capital, Beirute, foi atingida por uma forte explosão na semana passada, que deixou mais de 160 mortos e 6 mil feridos.

O presidente Jair Bolsonaro, anunciou a missão de ajuda do governo brasileiro ao país asiático e fez o convite a Temer. A decisão que liberou a viagem de Temer para integrar a comitiva, foi tomada pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, cujo titular é o juiz Marcelo Bretas. A proposta é que a equipe fique entre os dias 12 e 15 de agosto.

Com a decisão, o presidente Bolsonaro oficializou a viagem de Temer e mais 12 pessoas em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) publicada na noite desta segunda-feira (10). A justificativa para a autorização, de acordo com a decisão, é a “natureza humanitária da missão oficial” para qual Temer foi designado.

Como filho de libaneses, Temer foi o escolhido para chefiar a missão. Ainda de acordo com a publicação oficial, a delegação representará o Brasil em uma missão especial a Beirute entre quarta-feira (12) e sábado (15). A permanência das autoridades no local pode ser prorrogada, caso seja necessário.

Relacionado Posts