Sikêra Jr. é condenado a pagar R$ 300 mil a modelo trans por crime de injúria e difamação

Apresentador bolsonarista usou imagem de Viviany Beleboni em reportagem sobre crime sem qualquer relação com ela, com o termo ‘raça desgraçada’
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Amazonas – O apresentador Sikêra Jr. foi condenado a pagar R$ 300 mil a Viviany Beleboni por crime de injúria e difamação. A informação foi confirmada pelo jornal O Dia.

O apresentador do Alerta Amazonas, na TV A Crítica, em Manaus, e do Alerta Nacional, na RedeTV!, exibiu no programa uma imagem da modelo trans ao falar sobre um crime cometido por um casal de lésbicas e usou o termo “raça desgraçada”.

Na decisão, o juiz determinou que a imagem da modelo seja retirada da reportagem, que também foi publicada no YouTube. A sentença ainda cabe recurso. Ela não tem relação com o caso abordado pelo programa.

Beleboni ficou conhecida por representar Jesus Cristo crucificado em uma Parada do Orgulho LGBTQI+ no ano de 2015.

Relacionado Posts