Marília Mendonça pede desculpas após acusações de transfobia: “Aprenderei com meus erros”

Cantora e banda fizeram piada com a ida de um dos músicos a uma boate LGBT em Goiânia
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter

Entretenimento – A cantora Marília Mendonça foi às redes sociais na manhã desta segunda-feira (10) para pedir desculpas após ser acusada de transfobia. Durante uma apresentação on-line, a sertaneja ironizou a história de um de seus músicos em uma boate LGBT de Goiânia.

“Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, escreveu no Twitter.

Na apresentação, Marília e demais membros de sua banda insinuaram, aos risos, que um dos músicos teria beijado uma mulher trans na boate de Goiânia.

“E aí não vou falar quem e nem vou falar o porquê, vou ficar calada. Quem lembra da boate Diesel, lembra da boate Diesel. Disse que lá foi o lugar que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber”, disse ela na live.

Após a live, internautas foram às redes sociais acusar a cantora de transfobia, o que fez com que o assunto se tornasse um dos mais comentados do Twitter no domingo (9).

Confira:

Relacionado Posts